Lição 1 de 0
Em andamento

Portal III

DraClaudia Riecken 25 de maio de 2024

 

Auto Maternidade – Pete Walker, autor do CPTSD From Surviving to Thriving nos brinda com um texto guia para sermos pais de nossa criança divina e interna, adquirindo hoje o que nos faltou, e obtendo recursos e energia para dar vida à nossa autoestima mais profunda.

AUTO MATERNIDADE- Claudia Riecken por Pete Walker

Aparentar e ajudar-se na reprogramação de saber-se suficiente e sentir-se bem.

AUTOCUIDADO

O CONCEITO DE AUTO MATERNIDADE & AUTO PATERNIDADE VEM PARA CONSTRUIRMOS NOSSO ESPAÇO E CONQUISTARMOS O SENTIMENTO DE SERMOS CONSIDERADOS E AMADOS, E CAPAZES DE NOS DEFENDER. EM MATERNIZAR NOSSA CRIANÇA VAMOS CURAR OS FERIMENTOS VINDOS DA NEGLIGÊNCIA QUE PASSAMOS E NA AUTO- PATERNIDADE VOCÊ VAI CURAR OS FERIMENTOS DE SENTIR-SE IMPOTENTE OU SEM ESPERANÇA PARA SE PROTEGER DE ABUSO PARENTAL E POR EXTENSÃO, DO ABUSO POR OUTRAS FIGURAS DE AUTORIDADE.

MATERNIDADE DE SI MESMO E FRASES PODEROSAS

Auto Maternidade

Voltemos ao conceito de auto-maternidade. Como mãe para nós mesmos, nós nos comprometemos a aumentar a nossa auto-compaixão e consideração positiva incondicional. Auto-maternidade é uma recusa firme para entrar em auto-ódio e auto-abandono. Ela vem da constatação de que auto-punição é contraproducente.

Ela é reforçada pelo entendimento de que a paciência e auto- incentivo são mais eficazes do que auto-julgamento e auto-rejeição para conseguir a recuperação. Você pode melhorar suas habilidades de auto-mãe pela imaginação criando um lugar seguro em seu coração, onde a sua criança interior e seu tempo presente são sempre bem vindos. Uma ternura consistente para si mesmo acolhe a criança no corpo adulto que habitam agora, e mostra-lhe que agora é um lugar nutritivo de carinho e protegido por um adulto caloroso e poderoso. A

Auto-maternidade pode ser reforçada com a correção de mensagens negativas do crítico. A correção de pensamentos se dá com substituição usando as palavras de apoio e cura- que a criança -com toda a probabilidade- nunca ouviu falar de seus pais.

Um cliente meu certa vez me brindou com essa pérola:

“Pensamentos, meros pensamentos, são tão poderosos quanto baterias elétricas: tão bons para você quanto a luz do sol é tão ruins para você quanto é veneno.”.

Aqui, então, vão algumas mensagens úteis para nutrir o crescimento de sua auto-compaixão e auto-estima. Eu recomendo você imaginar falando-as para a sua criança interior, especialmente quando você está sofrendo com um flashback.

Re-Maternidade Re-Paternidade

Você como Mamãe e Papai de sua criança amada

 

Afirmações

 

Estou tão feliz que você nasceu. Você é uma boa pessoa.

Eu amo quem você é e estou fazendo o meu melhor para estar sempre ao seu lado.

Você pode vir a mim sempre que você estiver se sentindo magoado ou mal.

Você não tem que ser perfeito para obter o meu amor e proteção.

Todos os seus sentimentos são OK comigo. Eu estou sempre contente de ver você.

Está tudo bem e OK que você fique com raiva – e eu não vou deixar você se machucar ou aos outros quando você estiver..

Você pode cometer erros – eles são seus professores. Você pode saber o que você precisa e pedir ajuda. Você pode ter suas próprias preferências e gostos. Você é um deleite para os olhos.

Você pode escolher seus próprios valores.

Você pode escolher seus próprios amigos, e você não tem que gostar de todos.

Às vezes você pode sentir-se confuso e ambivalente, e não sabe todas as respostas.

Estou muito orgulhoso de você.

 

Auto Paternidade

Enquanto a auto-maternidade se concentra principalmente em curar as feridas de abandono, a auto-paternidade cura as feridas de ser impotente para se proteger de abusos dos pais, e por extensão a partir de outras figuras de autoridade abusivas. Auto-paternidade visa construir assertividade e auto- proteção.

Um dos meus exercícios de auto-paternidade favoritos é a operação de resgate “máquina do tempo”. Eu usei-o para ajudar a mim mesmo e para ajudar os clientes. Com clientes eu usei-o para modelar um processo para lutar contra a esmagadora sensação de impotência que muitas vezes acompanha flashbacks emocionais. Esta é uma versão da operação de resgate máquina do tempo: Eu digo a minha criança interior que, se a viagem no tempo é sempre possível, vou viajar de volta para o passado e colocar um fim a grosseria dos meus pais. (…) eu entro lá e Chamo a polícia ou paraliso a violência, ponho uma amarra nos braços deles pra trás no momento em que iam me acertar, faço um filme na cabeça, ponho uma mordaça neles de forma que não podem agora gritar comigo nem despejar seu criticismo. Os corrijo e os ponho de castigo. Mando eles pra cama sem sobremesa. Eu vou fazer qualquer coisa que você precisar pra te proteger”.

TODO AMOR por Claudia Riecken

Às vezes vejo um cena de carinho e de alegria e paz, entre pais e filhos ou amantes, entre amigos e parceiros de trabalho. Não as das redes sociais. As verdadeiras, desavisadas, em que percebemos a verdade e a ENTREGA dessas pessoas. Muitas vezes nos perguntamos se aquilo é para nós. Se algum dia vamos ter na vida real, externa, no amor interdependente, o cuidado e o bem viver que não decepciona ou trai nosso espírito que busca e quer dar o bem. Se será seguro amar de novo e sermos vulneráveis com outras pessoas. E tenho convicção que me entregar ao meu estado criador de amor e alegria, paz e segurança interna é suficiente. Não se assustem com a demora. O processo de cura de CPTSD em geral é de 2 passos a diante e 1 passo atrás.

Mas no todo, você está avançando. E no nível Quântico suas células emanam anergia que busca o que estiver em você. Portanto atrairemos o novo que assumirmos profundamente e com fé. Também rindo mais e relaxados, ora pois. Flashbacks podem ser muito intensos, os gatilhos que nos colocam lá nos sentindo estranhões podem ser muitos, tolos, ou fortes, e o estado de dificuldade,impotência,medo, afirmações feias ( auto acusações) e sentimentos de inferioridade são FLASH BACKs. Então sabemos. Às vezes um Flash back dura semanas. Outras vezes minutos. Faça os dedinhos. Respire que é gratis. Reconheça o tipo de mensagem que você trouxe sem perceber e agora assuma o comando substituindo o diálogo por amor. E claro, seu entorno de vagar vai surpreender você com Todo Amor e consideração. Dizer não para falsos amigos/amores/ parceiros é parte da cura, e no começo, piora antes de melhorar, Passos verdadeiros compensam e essa vida, ESSA MINHA VIDA SAGRADA tem muito a me oferecer.

Temos muito a ganhar! Vamos em frente.

Nota – Tenham paciência e compaixão com vocês. E todo meu amor e Gratidão por estarem no meu programa e mentoria.

Todo meu amor, com carinho Clau.

 

 

——————————————————————————————————————————————————–

Originais em inglês by Pete Walker

Self Mothering

Let us return to the concept of self-mothering. As mother to ourselves, we commit to increasing our self-compassion and unconditional positive regard. Self-mothering is a resolute refusal to indulge in self-hatred and self-abandonment. It proceeds from the realization that self-punishment is counterproductive. It is enhanced by the understanding that patience and self-encouragement are more effective than self- judgment and self-rejection in achieving recovery. You can enhance your self- mothering skills by imaginatively creating a safe place in your heart where your inner child and your present time self are always welcome. Consistent tenderness towards yourself welcomes the child into the adult body you now inhabit, and shows him that it is now a nurturing place protected by a warm and powerful adult. Self-mothering can be enhanced by thought-correcting the critic’s negative messages with healing words that the child in all likelihood never heard from his parents.

Here then are some useful messages for nurturing the growth of your self-compassion and self-esteem. I recommend that you imagine speaking them to your inner child, especially when you are suffering with a flashback.

Reparenting Affirmations

I am so glad you were born.

You are a good person.

I love who you are and am doing my best to always be on your side.

You can come to me whenever you’re feeling hurt or bad.

You do not have to be perfect to get my love and protection.

All of your feelings are okay with me.

I am always glad to see you.

It is okay for you to be angry and I won’t let you hurt yourself or others when you are.

You can make mistakes – they are your teachers.

You can know what you need and ask for help. You can have your own preferences and tastes.

You are a delight to my eyes.

You can choose your own values.

You can pick your own friends, and you don’t have to like everyone.

You can sometimes feel confused and ambivalent, and not know all the answers.

I am very proud of you.

Self Fathering

While self-mothering focuses primarily on healing the wounds of neglect, self- fathering heals the wounds of being helpless to protect yourself from parental abuse, and by extension from other abusive authority figures. Self-fathering aims at building assertiveness and self-protection.

One of my favorite self-fathering exercises is the time machine rescue operation. I have used it to help myself and to help clients. With clients I use it to model a process for fighting off the overwhelming sense of helplessness that often accompanies emotional flashbacks. This is a version of the time machine rescue operation that I use with myself as well as with my clients. I tell my inner child that, if time travel is ever possible, I will travel back into the past and put a stop to my parents’ abusiveness.

Originais em inglês no Fórum http://outofthefog.net/C- PTSD/forum/index.php?topic=106.15

 

Página 60 do LIVRO CPTSD Pete Walker